Porque deve abandonar já as garrafas de plástico

O consumo de água tem que ser consciente para que possamos ter uma melhor qualidade de vida e, consequentemente, pouparmos o planeta para que as gerações futuras possam usufruir também de uma boa qualidade de vida.




Todos nós sabemos a importância que a água tem na nossa vida. Ainda assim, temos que ser mais conscientes no consumo deste bem tão precioso. Beber água em garrafas de plástico não é a melhor alternativa e pode muitas vezes ser prejudicial à nossa saúde e consequente qualidade de vida.


Apresentamos-lhe abaixo 5 motivos pelos quais estas garrafas não são a melhor alternativa para o consumo de água.



Os químicos presentes no plástico podem criar problemas na fertilidade


Os 91 estudos publicados na revista científica Reproductive Toxicology demonstraram que homens e mulheres que tentavam fertilização in vitro demonstraram altos níveis de BPA no sangue e urina - O BPA é um químico libertado aquando da exposição do plástico ao sol ou outros agentes extremos. Assim sendo, tinham uma menor chance de ter uma gestação bem-sucedida.



Há químicos nos plásticos que podem aumentar o risco de doenças cardíacas


Quando expostos a altos níveis de BPA, existe um maior risco de se desenvolverem doenças cardíacas.

Um estudo de 2012, publicado no Circulation, demonstrou que os investigadores acreditam que isso pode ocorrer devido à associação do BPA à pressão alta, sendo um fator de risco para o surgimento das doenças cardíacas.



Reutilizar garrafas de plástico pode expor o organismo


Ao contrário das garrafas de vidro ou inox, as garrafas de plástico decompõem-se com o uso regular. Podem abrir fissuras minúsculas, onde se poderão abrigar bactérias.


Apesar da maioria das bactérias serem inofensivas, as garrafas podem conter bactérias que provocam gripes, constipações ou norovírus, ainda mais quando são expostas a detergente, aquando da lavagem.


Se consume água destas garrafas, tente evitar reutilizá-las.



Um tremendo problema ambiental


Como menos de 1% do plástico é reciclado mais do que uma vez, a maioria acaba no lixo.


Um estudo da Science Advances publicado em 2017, que examinou plásticos feitos entre 1950 e 2015, conclui que haverá mais de 11,7 milhões de quilos de plástico nos aterros sanitários e no meio ambiente em 2050.


Porque não comprar uma garrafa de vidro ou inox e reutilizá-las por várias vezes? Uma óptima maneira de pouparmos dinheiro e o planeta.



Beber água não filtrada pode expor o organismo a carcinogénicos


O nosso corpo precisa indiscutivelmente de água. Por essa razão, devemos beber água com a melhor qualidade possível que conseguirmos, sem resíduos de químicos ou materiais que poderão afetar a sua saúde e a dos seus.





É cada vez mais urgente repensarmos e consciencializarmos para aquilo que consumimos. O consumo de água tem que ser consciente para que possamos ter uma melhor qualidade de vida e, consequentemente, pouparmos o planeta para que as gerações futuras usufruam também de uma boa qualidade de vida.

Sabia que possuímos testes à qualidade de água na rede doméstica? Saiba mais aqui.

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo